Humorista Marmita é tema de exposição no Museu do Humor Cearense

Cearense é bicho invocado, e no humor, se garante além do combinado! Para provar isso, o Museu do Humor Cearense exibe durante o mês de julho de 2024, a Exposição MARMITA 35, que conta um pouco da trajetória de Deoclécio Lino Martins, que começou a enfrentar o público, ainda em 1989, portanto, há 35 anos.

O acervo que compõe a exposição é do próprio artista, incrementada com objetos do Museu do Humor.

Dentre outras peças em exposição, podemos citar: Troféus de participações em festivais, recortes de jornais antigos, manequim com figurino do humorista, cds, painéis,  cartazes de shows e exibição de vídeos com atuação do humorista.

Marmita, participou de vários festivais, sendo inclusive primeiro colocado em alguns deles, como por exemplo no I Festival Nacional de Humor de Maranguape, acontecido em maio de 2009 e no Festival Olim-Piadas da Record, apresentado por Ana Rickmann.

Ainda na televisão, faz parte do elenco da Bodega do Lailtinho da Globo/Ceará e já participou de vários programas nacionais, como Show do Tom,  Xou da Xuxa, Hora do Faro, Domingo Legal, Programa Silvio Santos e Mais Você da Ana Maria Braga, tendo inclusive participado também da novela Velho Chico da Globo.

A abertura da exposição acontecerá no dia 6 de julho, as 19h. Logo na sequência acontecerá o show de comemoração: “Tá o  Pai, Tá o Filho”, onde o humorista divide o palco do Teatro Chico Anysio com seu filho Daniel Dávila.

No dia 15 de julho, às 19, na Sala de Vídeo do Museu,   Marmita falará para o público sobre sua atuação no mercado do humor cearense, num bate-papo informal com a plateia.

Portanto, tá todo mundo convidado para conhecer um pouco mais da vida deste talentoso artista da arte de fazer rir! A Exposição Marmita 35, fica em cartaz até dia 31 de julho.

SERVIÇO

Exposição: Marmita 35

Local: Museu do Humor Cearense

Período: de 6 a 31 de julho de 2024

Visitação: de 14h às 20h (de Seg. a Sáb.)

Abertura: dia 6 às 19h

Continuar leitura →

Sessão Solene na Assembleia Legislativa homenageia humoristas

Ontem, dia 19 de abril de 2024, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará realizou uma festiva Sessão Solene em comemoração ao Dia do Humorista, comemorado no último dia 12.

A Sessão foi marcada para as 14h e transmitida ao vivo pela TV Assembleia e Rádio FM Assembleia. Antes do início, a TV exibiu uma matéria de 11 minutos com o Zebrinha, onde o humorista fez uma visita guiada, mostrando o Museu do Humor Cearense e o Teatro Chico Anysio.

A solenidade foi presidida pelo deputado Sargento Reginauro, que compôs a mesa com seus pares Bruno Pedrosa, Stuart Castro e De Assis Diniz, e com os humoristas Jader Soares, Lailtinho e Leide Daiana, que estava vestida com a sua personagem, sendo, então uma atração à parte. 

FALAS

As falas dos deputados foram descontraídas, e todos fizeram referência à cultura do humor cearense tão entranhada no inconsciente coletivo da nossa gente. Reginauro, falou que também é ator, tendo participado do filme/comédia Cine Holliúdy, fazendo o papel do Cabo Amâncio. De Assis ao subir à tribuna, antes dos cumprimentos formais, tacou um grito, fazendo referência à famosa vaia ao sol, acontecida em Fortaleza no dia 30 de janeiro de 1942. Stuart Castro, fez uma homenagem especial ao humorista Paulo Diógenes (Raimundinha), que nos deixou de maneira inesperada no dia 14 de fevereiro do corrente ano. Bruno lembrou Chico Anysio e  se dispôs viabilizar possíveis projetos de incentivo à linguagem do humor, fala corroborada com seus pares.

Após as falas dos quatro deputados presentes, usaram a tribuna os humoristas Lailtinho, Jader Soares e Ciro Santos. Ciro, emocionado, leu no celular um texto escrito por Gloria Diógenes, irmã de Paulo Diógenes, emocionando a todos. Lailtinho fez um pequeno histórico, falando dos shows de humor que acontecem todos os dias no Ceará e da necessidade da classe ser melhor percebida pelo poder público. Jader falou da importância da solenidade e fez referência à sua iniciativa de idealizar o Dia do Humorista, ainda em 2003, quando enviou ofício ao então deputado Artur Bruno para implementação da Lei.

OS HOMENAGEADOS

 Os humoristas homenageados, que receberam o Certificado de Menção Honrosa são: Ciro Santos, Luiz Antônio, Mateus Cidrão, Jardeson Cavalcante (Titela),  Jader Soares, Cleudo Barbosa (Leide Daiana), Lailtinho, Antonino Pereira Vital (Paçoca), Deoclécio Lino, Leo de Oliveira e Paulo Diógenes (em memória, recebido pelo seu irmão Dedé.

Continuar leitura →

Palco Paulo Diógenes é inaugurado no Museu do Humor Cearense

Palco em homenagem ao humorista Paulo Diógenes

Que 12 de abril é o Dia Nacional do Humorista, muita gente sabe; e que neste dia é realizado um grande evento para comemorar a data, também já é de conhecimento público. Pois é, em 12 de abril de 1931, nasceu em Maranguape, Ceará, o maior humorista brasileiro, Chico Anysio; e por isso mesmo, escolhemos esta data para homenageá-lo. O Dia do Humorista é celebrado no Ceará desde 2004, repetindo o sucesso ano após ano.

         Mas, por coincidência, além de Chico Anysio, outro talentoso humorista também nasceu no dia 12 de abril. Foi Paulo Diógenes, que encantou o público com sua personagem Raimundinha. O Paulo nasceu no ano de 1961. 12 deste mês, seria seu aniversário de 63; mas, infelizmente, ele partiu no dia 14 de fevereiro de 2024.

         O Museu do Humor estava programando com o artista, uma exposição para mostrar suas realizações, como também fazer o lançamento de um livro sobre sua carreira. O livro, inclusive já está impresso. Aqui no Museu nós temos um exemplar. O autor é o versátil jornalista Tarcísio Matos. As cópias estavam em poder do Paulo; só esperando o lançamento. Mas, infelizmente não deu tempo. O título: Raimundinha é a mãe.

         O PALCO DO PAULO

Diante do inesperado acontecimento, o Museu do Humor resolveu nomear de Palco Paulo Diógenes, um de seus espaços, para que sua obra não seja esquecida. Paulo viveu grande parte de sua vida nos palcos, e era neles que ele se realizava. Por isso, acreditamos ser esta homenagem a mais próxima a todos que trabalham com a arte de bem representar.

A data escolhida para a inauguração também não poderia ser outra, que não o 12 de abril. Na placa de 2m x 40cm, afixada no local, está escrito Palco Paulo Diógenes, com a ilustração de uma foto do artista ao lado da sua inesquecível Raimundinha.

A inauguração deu-se as 16h, e na sequência, aconteceu show com 40 humoristas no Teatro Chico Anysio. O TCA fica anexo ao Museu do Humor.

A programação do Dia do Humorista teve apoio do Instituto Iracema e SECULTFOR – Secretaria da Cultura de Fortaleza.

HUMORISTAS PARTICIPANTES

         Confira os nomes dos 40 humoristas que participaram do evento: Superedson, Elvis Preto, Paçoca, Fubá, Kaio Freitas, Zebrinha, Tom Leite, Luana do Crato, Delegado, Zé Bolão, Ronaldo, Colorau, Leide Daiana, Severina Guete, Luiz Pupunha, Ruanito, Megdal, Jovelina Ceará, Dion Queiroz, Yure Lima, Retalinho, Marmita, Davi Fé, Chupeta, Seu Sérgio, Chiquinha Cearense, Joelma Cover, Chulipa, Roberto Rizzo, Mateus Parúsio, Bruno Humor, Manguaça, Zuleica, Zé das Tapiocas, Aurélio Sampaio, Matheus, Xuxinha, Zeca Estrada, Ronaldo Cornélio, Severina Guet e Luan Damasceno. 

INAUGURAÇÃO DO PALCO PAULO DIÓGENES

(Dia Nacional do Humorista)

12 de abril de 2024

Museu do Humor Cearense (Av. da Universidade, 2175 – Benfica)

Horário: 16h

Diretor do Museu do Humor Cearense Jader Soares (Zebrinha) no Palco Paulo Diógenes

Continuar leitura →

O Dia do Humorista foi do papoco!

O Dia do Humorista foi do papoco!

Ronaldo e Colorau botando quente no Dia do Humorista

     Eita, que ontem, 12 de abril, o Teatro Chico Anysio se encheu de alegria (e de gente) para comemorar o Dia Nacional do Humorista. A data refere-se ao dia de nascimento de Chico Anysio, o grande homenageado.

O evento acontece todo ano, desde 2004. O horário, sempre o mesmo: de 16h às 20h. 40 humoristas se apresentaram nos seus mais diversos estilos. Aí, já viu, né??? Motivos pra se abrir foi o que não faltou!

O público começou a chegar cedo, as 14h. Quem ia chegando, antes de adentrar ao Teatro, fazia uma visita para conhecer o Museu do Humor Cearense, encantando-se com tudo que via. Neste ano o Museu está comemorando 10 anos, e mostrando um apanhado de tudo que produziu nesta primeira década de atividade na Exposição UM MUSEU NOTA 10, que foi aberta ao público também no dia do Humorista, ficando em cartaz, até 31 de maio deste ano. O Museu do Humor fica no mesmo endereço do Teatro Chico Anysio e está sob a mesma direção.

A vibração do público foi contagiante, e ninguém arredou pé, até o último humorista se apresentar. O Teatro estava lotado, inclusive com muita gente em pé. No rosto de cada humorista se via a alegria de poder participar desta 21ª edição.

Homenagem a Paulo Diógenes, no dia em que o humorista completaria 63 anos

PALCO PAULO DIÓGENES

Na ocasião, também foi inaugurado no MHC, o Palco Paulo Diógenes, homenageando o humorista que nos deixou recentemente, no dia 14 de fevereiro deste ano. Por coincidência, Paulo nasceu no dia 12 de abril, que nem Chico Anysio. Este ano ele completaria 63 anos. Chico Anysio, 93.

         A programação do Dia do Humorista teve apoio do Instituto Iracema e SECULTFOR – Secretaria da Cultura de Fortaleza.

HUMORISTAS PARTICIPANTES

         Confira os nomes dos 40 humoristas que participaram do evento: Superedson, Elvis Preto, Paçoca, Fubá, Kaio Freitas, Zebrinha, Tom Leite, Luana do Crato, Delegado, Zé Bolão, Ronaldo, Colorau, Leide Daiana, Severina Guete, Luiz Pupunha, Ruanito, Megdal, Jovelina Ceará, Dion Queiroz, Yure Lima, Retalinho, Marmita, Davi Fé, Chupeta, Seu Sérgio, Chiquinha Cearense, Joelma Cover, Chulipa, Roberto Rizzo, Mateus Parúsio, Bruno Humor, Manguaça, Zuleica, Zé das Tapiocas, Aurélio Sampaio, Matheus, Xuxinha, Zeca Estrada, Ronaldo Cornélio, Severina Guet e Luan Damasceno. 

DIA NACIONAL DO HUMORISTA

Dia 12 de abril de 2024

Teatro Chico Anysio (Av. da Universidade, 2175 – Benfica)

De 16h às 20h

De graça.

Zebrinha e Luana do Crato
Manguaça
Leide Daiana
Ruanito com sua Maria Betânia
Pintodauro e Francisco Rodrigues
Zebrinha, Zeca Estrada, Ronaldo, Roberto Rizo e Tom Leite
Jovelina Ceará
Edivaldo Cardoso
Superedson

Continuar leitura →

Dia do Humorista será comemorado com mais de 40 artistas no palco do Teatro Chico Anysio

Humorista Chico Anysio, o homenageado

Eita, que quando chega abril, o riso fica a flor dos lábios!  É que no dia 12, data de nascimento de Chico Anysio (1931 – 2012), a gente comemora o Dia Nacional do Humorista.

A programação está acontecendo durante todo o mês em diversos cantos da cidade, mas, o dia 12, como sempre, será o ponto alto. Pelo menos 40 humoristas se apresentarão no palco do Teatro Chico Anysio.

O show acontece de 16h às 20h com entrada de graça. É só chegar e emburacar!

Esta festa começou em 2004, e se repete todos os anos com sucesso garantido.

Além dos Shows de Humor, no mesmo dia e endereço, teremos a inauguração do Palco Paulo Diógenes, humorista que nos deixou recentemente, e a abertura da Exposição: Um Museu Nota 10, comemorando os 10 anos do Museu do Humor Cearense, mostrando um pouco de tudo que foi realizado nesta primeira década de vida. Em especial, mostraremos 2 figurinos de personagens inéditos de Chico Anysio.

A programação do Mês do Humorista tem apoio do Instituto Iracema e SECULTFOR – Secretaria da Cultura de Fortaleza.

O Dia do Humorista surgiu no Ceará, idealizado pelo humorista Jader Soares, diretor do Museu do Humor Cearense e Teatro Chico Anysio. A primeira Lei foi a Estadual. Ela é de 2003. Como Chico Anysio faleceu em 2012, percebe-se que a homenagem foi em vida!

Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009 DOM de 05 de novembro de 2009

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003  –  DOE, Série 2, Ano VI, nº 125

Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015 DOU

         Confira abaixo alguns dos humoristas que se farão presentes:

         Superedson, Elvis Preto, Paçoca, Fubá, Kaio Freitas, Veia Cômica, Zebrinha, Tom Leite, Luana do Crato, Delegado, Zé Bolão, Ronaldo, Colorau, Leide Daiana, Esparguete, Severina Guete, Luiz Pupunha, Ruanito, Megdal, Jovelina Ceará, Froxilda Fofolete, Ery Soares, Dion Queiroz, David Moraes e Luan Damasceno.  

DIA NACIONAL DO HUMORISTA

Dia 12 de abril de 2024

Teatro Chio Anysio (Av. da Universidade, 2175 – Benfica)

De 16h às 20h

De graça.

Continuar leitura →

Festival de Mentira entrega preio de quase 2 Reais a vencedores

Pronto!

1°) Ana Vitória – 2º Silvino Neves – 3º) Tom Leite

Concluímos mais um Festival de Mentiras, o de número 35°. Repetindo o que aconteceu ano passado, mais uma vez quem venceu foi uma mulher. Na realidade uma criança de 9 anos de idade, que foi levada pelos pais (Roberto e Vanessa Gomes)  para participar do evento. Quem entregou os prêmios foi Monique Gonçalves, vencedora do 34° Festival, ocorrido ano passado. Cerca de 100 (cem) pessoas compareceram e escolheram os vencedores. Afinal, o público é quem elege os mentirosos, através de aplausos, vais etc coisa e tal.

Foram inscritos 18 mentirosos. Um fugiu (sempre tem um que foge), escafedeu-se, ficando 17 pessoas para participar da acirrada disputa, em busca de um montante significativo em dinheiro…

O FM é uma realização do Museu do Humor Cearense, com apoio da SECULTFOR – Secretaria da Cultura de Fortaleza (Prefeitura de Fortaleza). Quem comandou o evento, apresentando os mentirosos foi o humorista Zebrinha. Os registros fotográficos são de Liezio Gomes.

Relação dos Inscritos por ordem de Inscrição

01 – Cristiano Cunha (Empresário e Humorista)

02 – Ana Vitória (Estudante)

03 – Augusto Lima (Estudante)

04 – Davi Fé (Humorista)

05 – Rafael Leite (Engenheiro e Humorista)

06 – Zé Cornim (Palhaço)

07 – Paraiba (Radialista e Humorista)

08 – Retalinho (Humorista)

09 – Zeca Estrada (Humorista)

10 – Jonh MC Repper (Desempregado)

11 – Felipe (Morador da Praça do Ferreira)

12 – Prof. Francisco Silva (Professor Universitário)

13 – Matuto (Desempregado)

14 – Francisco Perez (Fotógrafo)

15 – Francisco Delegado (Comerciante e Humorista)

16 – Silvino Neves (Radialista e Apresentador de TV)

17 – Pedro Artur (Estudante. Fugiu. Não apareceu quando anunciado)

18 – Tom Leite (Humorista)

            Como se percebe, a participação é inclusiva, onde entram na brincadeira, anônimos e famosos, tudo em busca de manter a tradição e a molecagem engendrada no sangue do povo cearense. A todos, os organizadores parabenizam e agradecem, pois sem eles, não haveria o Festival. 

O resultado final foi o seguinte

1ª Colocada – Ana Vitória (Estudante)

2º Colocado – Silvino Neves (Radialista e apresentador de TV)

3º Colocado – Tom Leite (Humorista)

A premiação total, líquida e sem desconto, foi de   R$ 1,75 assim distribuído:

                1º Colocado R$ 1,00

                2º Colocado R$ 0,50

                3º Colocado R$ 0,25

O prêmio foi pago na hora, em moeda corrente do Brasil, sob forte esquema de segurança.

História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade!), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no Cajueiro, com todo tipo de mentiras, de preferência as mais provocantes à sociedade e aos homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, em 1991, sob a administração do prefeito Juraci Magalhães, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou à Praça do Ferreira, seu lugar de origem. Ainda nos anos de 2017 e 2018, mais uma vez, foi realizado no Teatro Chico Anysio.  O motivo do Festival ter acontecido novamente no Teatro e não na Praça é por ter caído o 1º de abril em dia de sábado ou domingo. E em final de semana não dá para fazer na Praça; já que, quando o evento lá acontece, o horário é 17h. E, nestes dias e horários, a Praça do Ferreira é deserta.

O Festival de Mentiras abre a programação do Mês do Humorista, que este ano de 2024, comemora os 92 anos de nascimento do humorista Chico Anysio. 12 de abril é o Dia Nacional do Humorista. Chico nos deixou em 23 de março de 2012. Há 12 anos.

Continuar leitura →

Museu do Humor Cearense inaugura Sala Augusto Bonequeiro

Pois é! O mestre Augusto Bonequeiro agora tem um espaço lindo para contar um pouco de sua grande história. Será inaugurada no dia 2 de abril de 2024 no Museu do Humor Cearense a Sala Augusto Bonequeiro. A data foi escolhida, não por acaso. Dia 2 é o aniversário do Augusto (73 anos), e também, aniversário do Museu do Humor, que, fundado em 2014, está completando precisos 10 anos. O Museu fica anexo ao Teatro Chico Anysio, que este ano está fazendo 33 anos.

No Sala, o público terá a oportunidade de ver alguns bonecos feitos pelo homenageado, além de troféus e prêmios, os mais variados possíveis que ele recebeu durante sua brilhante trajetória.

Augusto é pernambucano, mas nem parece! Chegou ao Ceará na década de 80 do século passado, e nunca mais saiu daqui; adotando e sendo adotado pelo Cearazim de Açúcar, terra do humor e da alegria.  Jamais se sentiu só: Seu Encrenca, Fuleiragem e mais uma dezena de serezinhos de madeira, esponja, pano ou borracha sempre o acompanharam, obedecendo aos comandos de corpo, dedos, mãos e vozes, às vezes confundindo crianças (e até adultos), que juram que os bonecos têm vida própria.

A Sala exibirá uma exposição de longa duração, e servirá para que os visitantes: estudantes e o público em geral sintam de perto a magia da arte de botar boneco.

A realização nasceu de uma parceria de Escudeiro Produções Artísticas e Museu do Humor Cearense. A curadoria é de Ângela Escudeiro e a projeção de espaço de Nonato Carvalho. Após a inauguração, a exposição ficará aberta ao público no horário de funcionamento do MHC, de segunda à sábado, de 14h às 19h.

SERVIÇO:

Inauguração da Sala Augusto Bonequeiro

Dia 02 de abril de 2024 – 19h

Local: Museu do Humor Cearense (Anexo ao Teatro Chico Anysio)

Av. da Universidade, 2175 – Benfica

Entrada: De graça

Informações: 85 999 91 0460

Museu do Humor Ce

Museu do Humor Cearense inaugura

Sala Augusto Bonequeiro

Pois é! O mestre Augusto Bonequeiro agora tem um espaço lindo para contar um pouco de sua grande história. Será inaugurada no dia 2 de abril de 2024 no Museu do Humor Cearense a Sala Augusto Bonequeiro. A data foi escolhida, não por acaso. Dia 2 é o aniversário do Augusto (73 anos), e também, aniversário do Museu do Humor, que, fundado em 2014, está completando precisos 10 anos. O Museu fica anexo ao Teatro Chico Anysio, que este ano está fazendo 33 anos.

No Sala, o público terá a oportunidade de ver alguns bonecos feitos pelo homenageado, além de troféus e prêmios, os mais variados possíveis que ele recebeu durante sua brilhante trajetória.

Augusto é pernambucano, mas nem parece! Chegou ao Ceará na década de 80 do século passado, e nunca mais saiu daqui; adotando e sendo adotado pelo Cearazim de Açúcar, terra do humor e da alegria.  Jamais se sentiu só: Seu Encrenca, Fuleiragem e mais uma dezena de serezinhos de madeira, esponja, pano ou borracha sempre o acompanharam, obedecendo aos comandos de corpo, dedos, mãos e vozes, às vezes confundindo crianças (e até adultos), que juram que os bonecos têm vida própria.

A Sala exibirá uma exposição de longa duração, e servira para que os visitantes: estudantes e o público em geral sintam de perto a magia da arte de botar boneco.

A realização nasceu de uma parceria de Escudeiro Produções Artística e Museu do Humor Cearense, e estará aberta ao público no horário de funcionamento do MHC, de segunda à sábado, de 14h as 19h.

SERVIÇO:

Inauguração da Sala Augusto Bonequeiro

Dia 02 de abril de 2024 – 19h

Local: Museu do Humor Cearense (Anexo ao Teatro Chico Anysio)

Av. da Universidade, 2175 – Benfica

Entrada: De graça

Informações: 85 999 91 0460

arense inaugura

Sala Augusto Bonequeiro

Pois é! O mestre Augusto Bonequeiro agora tem um espaço lindo para contar um pouco de sua grande história. Será inaugurada no dia 2 de abril de 2024 no Museu do Humor Cearense a Sala Augusto Bonequeiro. A data foi escolhida, não por acaso. Dia 2 é o aniversário do Augusto (73 anos), e também, aniversário do Museu do Humor, que, fundado em 2014, está completando precisos 10 anos. O Museu fica anexo ao Teatro Chico Anysio, que este ano está fazendo 33 anos.

No Sala, o público terá a oportunidade de ver alguns bonecos feitos pelo homenageado, além de troféus e prêmios, os mais variados possíveis que ele recebeu durante sua brilhante trajetória.

Augusto é pernambucano, mas nem parece! Chegou ao Ceará na década de 80 do século passado, e nunca mais saiu daqui; adotando e sendo adotado pelo Cearazim de Açúcar, terra do humor e da alegria.  Jamais se sentiu só: Seu Encrenca, Fuleiragem e mais uma dezena de serezinhos de madeira, esponja, pano ou borracha sempre o acompanharam, obedecendo aos comandos de corpo, dedos, mãos e vozes, às vezes confundindo crianças (e até adultos), que juram que os bonecos têm vida própria.

A Sala exibirá uma exposição de longa duração, e servira para que os visitantes: estudantes e o público em geral sintam de perto a magia da arte de botar boneco.

A realização nasceu de uma parceria de Escudeiro Produções Artística e Museu do Humor Cearense, e estará aberta ao público no horário de funcionamento do MHC, de segunda à sábado, de 14h as 19h.

SERVIÇO:

Inauguração da Sala Augusto Bonequeiro

Dia 02 de abril de 2024 – 19h

Local: Museu do Humor Cearense (Anexo ao Teatro Chico Anysio)

Av. da Universidade, 2175 – Benfica

Entrada: De graça

Informações: 85 999 91 0460

Continuar leitura →

Festival de Mentiras vai dar 1 Real ao vencedor

            Debaixo do Cajueiro Botador (Cajueiro da Mentira), na Praça do Ferreira, rememorando a história dos potoqueiros das antigas, acontecerá a abertura das comemorações do Mês do Humorista. Ali, no dia 1º de abril, as 17h, será realizado o 35º Festival de Mentiras, onde escolheremos o Mentiroso do Ano, que levará além de um Certificado de Mentiroso, uma fabulosa premiação em dinheiro. A premiação é líquida e sem desconto, totalizando um montante de R$ 1,75 (Um Real e Setenta e Cinco Centavos), assim distribuída:

            1º Colocado R$ 1,00

            2º Colocado R$ 0,50

            3º Colocado R$ 0,25

            É pra tirar o pé da lama!

O prêmio será pago na hora, em espécie, em moeda corrente do Brasil, sob forte esquema de segurança.

            Para participar, basta preparar uma boa mentira, pegar o microfone e soltar o verbo. Devido 2024, ser ano eleitoral, não aceitaremos a participação de políticos nem cabos eleitorais, devido a grade vantagem que levam em cima dos mentirosos não profissionais.

            Quem irá escolher o Maior Mentiroso do Ano será o público, através de aplausos, vaias, gritos, gemidos, estalos de dedos, assobios ou outra manifestação qualquer que faça barulho em apoio ao seu mentiroso preferido.

            As inscrições serão realizadas a partir das 16h, debaixo do Cajueiro da Mentira, no próprio dia 1º. De graça.

            A realização do Festival é do Museu do Humor Cearense em parceria com o Museu do Caju e apoio do Instituto Iracema e Secretaria da Cultura de Fortaleza-SECULTFOR.

História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no cajueiro, com todo tipo de mentiras, ou meias-verdades provocantes à sociedade e aos homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, em 1991, na gestão do prefeito Juracy Magalhães, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival passou a ser realizado na Praça do Ferreira. Em 2020, não aconteceu o evento, devido a pandemia da COVID-19. Em 2021, ainda por conta da COVID, o Festival de Mentiras aconteceu de modo virtual, onde cada mentiroso enviou um vídeo contando sua potoca. Em 2022, voltou a ser presencial. E agora em 2024, o Festival abrirá a programação do Mês do Humorista.

             Por que Abril é o Mês do Humorista?

            Porque dia 12 de Abril comemoramos o Dia Nacional do Humorista, aniversário de nascimento de Chico Anysio. Para isso existem as seguintes Leis:

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003 (Ceará)

Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009 (Fortaleza)

Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015 (Brasil)

SERVIÇO

35º Festival de Mentiras

Dia: 1º de Abril de 2024

Horário: 17h

Local: Praça do Ferreira (Debaixo do Cajueiro Botador)

Informações: 3252 3741   –  9991 0460  (Jader Soares – Zebrinha)

Continuar leitura →

O novo Teatro da Praia

Fachada do novo Teatro da Praia

O ano de 2024 começou com um ponto pra lá de positivo para a arte cearense. Foi, finalmente inaugurada a nova sede do Teatro da Praia. Que maravilha! Sem funcionar desde 27 de maio de 2021, quando parte do teto do antigo endereço, desabou, o público voltou a sorrir com o melhor do humor cearense, na noite de ontem, 5 de janeiro.

Foram 2 anos e oito meses sem espetáculo, e, neste período, um tempo também, sem endereço, já que os proprietários da antiga sede pediram o ponto para a construção de um prédio de apartamentos.

Mas, o papo agora é outro, e o endereço também. Antes, o Teatro da Praia ficava na Rua José Avelino, n° 662. Agora, fica na Av. Monsenhor Tabosa, 177. Ambos na Praia de Iracema, próximo ao Centro Cultural Dragão do Mar.

A localização atual é bem melhor que a anterior, e o ambiente interno, também. Se lá o TP funcionava a base de ventilador, agora, o clima tá uma beleza, embalado por ar-condicionados novinhos em folha.

A condição externa também é muito favorável, devido ter estacionamento à vontade; inclusive, a partir das 19h não há cobrança da Zona Azul. Aí, você dá um agrado ao flanelinha da vez.

O TP  ainda está com uns detalhes a serem resolvidos, tipo banheiros e lojinha. O diretor do espaço Carri Costa, disse que logo-logo isso estará ok! Ainda segundo Carri, o Teatro só pôde ser aberto graças ao apoio do Governo do Estado do Ceará, que fez um repasse financeiro no final de 2023. Este apoio havia sido prometido desde 2021; mas, “chegou em boa hora”. Este ano, o TP completa 31 anos de atividade na cena fortalezense. Né brinquedo não!

Na estreia, o Teatro estava LOTADO, e, além do público em geral, muitos artistas marcaram presença; dentre eles: Jane Azeredo, Ciro Santos, Neidinha Castelo Branco, Brennand, Joana Angélica e Jader Soares.

E o espetáculo de abertura? Claro que tinha que ser o maior sucesso da Cia. Cearense de Molecagem: TITA & NIC  – Paixão e Comédia, comemorando 25 anos em cena.

Se você ainda não foi, vá! Você vai amar!

Parabéns ao Carri e sua Trupe!

Viva o Teatro cearense!

E vamos botar boneco!

SERVIÇO:

ESPETÁCULO: TITA & NIC (Paixão e Comédia)

DIAS: 05, 06, 07,11,12,13,14,18,19, 20, 21, 25, 26, 27 e 28 de janeiro de 2024 LOCAL: Teatro da Praia (Av. Monsenhor Tabosa, 177)

HORA: 20h

DURAÇÃO: 60 minutos

INGRESSO: Inteira 30 Reais – Meia 15 Reais

(Venda presencial a partir das 19h na bilheteria do TP)

ELENCO: Carri Costa, Timóteo Monte, Solange Teixeira, Diego Mesquita, Lucas Alexandre, Cristiane Carvalho, Roberta Wermont.

PRODUÇÃO: APTECE – Associação dos Produtores Teatrais do Ceará

SONOPLASTIA: Adriano Pessoa 

ILUMINAÇÃO: William Axell

CONTRA-REGRA: Beatriz Campos – Nildenir Campos

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Cristiane Carvalho

ADMINISTRAÇÃO: Juan Moreira

INFORMAÇÕES: (85) 98517.2301

Um pouco antes do início do espetáculo
Cena do espetáculo

Continuar leitura →

Maranguape realiza a 13° edição do Festival de Humor

Chico Anysio, o grande homenageado do Festival de Humor

O 13° Festival Nacional de Humor de Maranguape chegou, e chegou com tudo! De 15 a 21 de outubro deste 2023, a cidade respira humor da melhor qualidade. O evento acontece em vários pontos, contando com mostra de teatro itinerante, feira de artesanato, gastronomia, rodas de conversa, recitais, oficinas e ações que promovem a literatura de cordel e humor. A realização é do  Instituto Impactus, e o apoio institucional é da Prefeitura de Maranguape (FITEC).

Durante o festival, a Casa de Cultura Capistrano de Abreu recebe a Exposição Chico Anysio, que reúne vida e obra do humorista. Também nesta exposição, um breve histórico das 12 edições anteriores do Festival.

            O ponto alto  acontecerá nos dias 20 e 21 na Praça Capistrano de Abreu, com shows de humoristas locais e nacionais. Além das apresentações presenciais, o humorista André Lucas (Puliça), filho do Chico Anysio fará uma participação especial pré-gravada, que será exibida na noite do dia 20.

 A apresentação do evento fica a cargo do humorista Alex Nogueira.

            PEQUENO HISTÓRICO SOBRE O FESTIVAL NACIONAL DE HUMOR  

            A ideia do Festival Nacional de Humor surgiu no ano de 2008. Sua primeira edição aconteceu em 2009. E de lá para cá vem acontecendo anualmente; com um pequeno intervalo, devido a COVID.

O grande homenageado não poderia ser outro: Chico Anysio, claro, o filho ilustre da cidade, o maior humorista do Brasil.

            Chico estava programado para participar da 1ª edição. Viria para “bater um papo” com o humorista Jader Soares (Zebrinha) diante do público que lotou a Praça Capistrano de Abreu. Zebrinha na ocasião, era o apresentador do Festival e também foi um dos curadores, ajudando a formatar o evento. Mas Chico ficou doente, e  não veio. Porém, em 2010, o mestre marcou presença. Era a 2ª edição do Festival.

            Toda a programação é de graça!

Deixe de participar não, viu, meu bichim!

Aproveite esta garapa!

E viva Chico Anysio!

PROGRAMAÇÃO

13° Festival Nacional de Humor de Maranguape

Domingo – Dia 15

8h – Domingou no Parque

Abertura do FNHM

Show de Humor com Dona Franquinha.

Também haverá  ações voltadas para o meio ambiente, como caminhada guiada e distribuição de mudas.

Onde: Parque Ecológico Professor Renato Braga

15h – Mostra de Teatro Itinerante. Grupos de teatro de Maranguape levam uma programação itinerante de apresentações culturais para os distritos.

Onde:  Sapupara, Tanques, Cachoeira, Lages, Itapebussu e Amanari.

Terça-feira – Dia 17

14h – Abertura da Exposição Chico Anysio, mostra que retrata a vida e obra do humorista, além da história das 12 edições do Festival.

Onde: Casa de Cultura Capistrano de Abreu

NOITES DO RISO

Sexta-feira – Dia 20

19h – Exibição dos vídeos da Mostra Maranguape Criativo apresentados por artistas locais

20h – Tributo a Luiz Gonzaga com Orquestra de Cordas de Maranguape, Cyro Lima, Sâmya Abreu

21h – Ery Soares e Tizil

22h – Humorista Skema

23h – Titela

00h – Banda Nossa Trilha

Sábado – Dia 21

19h – Exibição dos vídeos da Mostra Maranguape Criativo apresentados por artistas locais

20h – Bené Barbosa

21h – Bruno Paz e Oliveirinha

22h – Anderson Justus

22h40 – Sâmya Abreu recitando cordel

23h – Lucas Veloso

00h – Banda Dona Leda

Onde: Arena Chico Anysio, na Praça Capistrano de Abreu

SERVIÇO

13º Festival Nacional de Humor de Maranguape

Uma homenagem a Chico Anysio

De 15 a 21 de outubro de 2023

Site: festivaldehumormaranguape.com.br

Continuar leitura →

Jader Soares e Luan Damasceno são eleitos representantes da Linguagem do Humor no Conselho Municipal de Política Cultural

Jader Soares e Luan Damasceno

Os humoristas Jader Soares e Luan Damasceno são os novos conselheiros, representando a linguagem do Humor no Conselho Municipal de Política Cultura de Fortaleza para o biênio de 2023/2025. Jader foi eleito titular e Luan, suplente.

As eleições aconteceram no último dia 30 de agosto. O resultado foi divulgado ontem, dia 1° de setembro.

Os atuais representantes do Humor no CMPC são Ernesto Martins-Veia Cômica (titular) e Luan Damasceno (suplente). Os novos representantes tomam posse ainda neste mês de setembro, dia 20.

A tarefa de Jader é dar continuidade ao brilhante trabalho desempenhado por Ernesto Martins nestes dois últimos anos.

Secretário da Cultura de Fortaleza (Presidente do CMPC) Dr. Elpídio Nogueira e Ernesto Martins, atual representante da Linguagem do Humor

Abaixo, relação de todos os conselheiros e suplentes com suas respectivas linguagens, eleitos para o biênio 2023/2025.

ARTES VISUAIS

GERSON IPIRAJÁ ARTES VISUAIS (3 VOTOS) TITULAR

CAMILA PINHO ARTES VISUAIS (2 VOTOS) SUPLENTE

ARTESANATO

JOSÉ CAVALCANTE NETO ARTESANATO (1 VOTO) TITULAR

SANDRA MARIA ROSÁRIO NOGUEIRA (1 VOTO) SUPLENTE

AUDIO VISUAL

GEORGE FROTA AUDIOVISUAL (12 VOTOS) TITULAR

ERICK SOUSA DE SOUSA AUDIOVISUAL (3 VOTOS) SUPLENTE

CIRCO

ALYSSON LEMOS CAMPOS CIRCO (8 VOTOS) TITULAR

JÚLIA PEREDO SARMENTO (3 VOTOS) SUPLENTE

CARLOS MARIANO DE SOUZA FILHO CIRCO (NÃO FOI VOTADO)

COMISSÃO CEARENSE DE FOLCLORE

FRANCISCO JOSÉ DE OLIVEIRA DA SILVA (7 VOTOS) TITULAR

SANDRA MARIA LOPES VELOSO (4 VOTOS) SUPLENTE

CULTURA TRADICIONAL POPULAR

MARCUS VINICIUS FRANCO POMPILIO (10 VOTOS) TITULAR

MARCOS AZ DE OURO (4 VOTOS) SUPLENTE

UBIRATAM CARVALHO (3 VOTOS)

DAVI FAUSTINI (NÃO FOI VOTADO)

DANÇA

MICHELLE FONTENELLE LIMA DE SOUZA DANÇA (19 VOTOS) TITULAR

SILVIA JACQUELINE MOURA DE OLIVEIRA DANÇA (7 VOTOS) SUPLENTE

WILLIAM DEIMYSON PEREIRA DANÇA (7 VOTOS)

FOTOGRAFIA

GANDHI GUIMARÃES FOTOGRAFIA (3 VOTOS) TITULAR

*Candidatura única

HUMOR

JOSÉ JADER SOARES HUMOR (18 VOTOS) TITULAR

LUAN DAMASCENO HUMOR (4 VOTOS) SUPLENTE

LITERATURA

RAIMUNDO ALVES FERREIRA NETO (5 VOTOS) TITULAR

*Candidatura única

MIDIA DIGITAL

DIÊGO BARROS MÍDIA DIGITAL (3 VOTOS) TITULAR

HUDSON ANDRÉ CAVALCANTE E SILVA PINHEIRO (1 VOTO) SUPLENTE

MODA

LIGIA NOTTINGHAM DE CARVALHO ROCHA MODA (6 VOTOS) TITULAR

RICARDO ANDRE SANTANA BESSA (1 VOTO) SUPLENTE

MÚSICA

JEAN CARLOS DUMONT PEREIRA MÚSICA (13 VOTOS) TITULAR

LEANDRO OLIVEIRA BARRETO CAVALCANTE (5 VOTOS) SUPLENTE

SAMUEL RODRIGUES DE LIMA (1 VOTO)

TYNA MENDES LOPES DA SILVA (NÃO FOI VOTADA)

EUDO RODRIGUES DA SILVA (NÃO FOI VOTADO)

WILLIAM VICTOR DE COUTO FERREIRA (NÃO FOI VOTADO)

ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

LUIS LIMA COSTA (5 VOTOS) TITULAR

*Candidatura única

PRODUTORES CULTURAIS

DHANNY MARINHO (10 VOTOS) TITULAR

JOSIEL DE OLIVEIRA PEREIRA (7 VOTOS) SUPLENTE

REGIÃO ADMINISTRATIVA I

TANIA BARROSO REGIÃO (4 VOTOS) TITULAR

FRANCISCO PAULO MATEUS DA SILVA FILHO (3 VOTOS) SUPLENTE

MARCIO SILVA FELIX (NÃO FOI VOTADO)

FELIPE COSME DE ALENCAR TAVARES (NÃO FOI VOTADO)

PAULO RICARDO MUNIZ DA COSTA (NÃO FOI VOTADO)

MESQUITA REGIÃO ADMINISTRATIVA III

REGINA CELIA OLIVEIRA (3 VOTOS) TITULAR

*Candidatura única

REGIÃO ADMINISTRATIVA IV

SOARES (NÃO FOI VOTADO)

REGIÃO ADMINISTRATIVA IX

ANA PRISCILA DO CARMO (19 VOTOS) TITULAR

JESSIKA MARIA DOS SANTOS SILVA REGIÃO (4 VOTOS) SUPLENTE

REGIÃO ADMINISTRATIVA X

KELLY NASCIMENTO LIMA (11 VOTOS) TITULAR

*Candidatura única

REGIÃO ADMINISTRATIVA XI

WESLEY LYEVERTON CORREIA RIBEIRO  (8 VOTOS) TITULAR

ARMANDO BARBOSA (NÃO FOI VOTADA)

REGIÃO ADMINISTRATIVA XII

INAIE CAMARGO DE BRITO (2 VOTOS) TITULAR

ISMAEL GUTEMBERG DO NASCIMENTO PIMENTEL (NÃO FOI VOTADO)

TEATRO

JULIANA DE AGUIAR TAVARES (16 VOTOS) TITULAR

MARCELINO CÂMARA GOMES TEATRO (10 VOTOS) SUPLENTE

RHAMON DIEGO SOUSA SOARES TEATRO (5 VOTOS)

MARINA BRITO MORAIS (1 VOTO)

Continuar leitura →

Humorista Titela inaugura nova casa de Shows de Humor na Maraponga

Casa cheia na inauguração

Aí dentu! Termo cearense que tá mais na moda do que nunca, dá nome à nova casa de shows de humor em Fortaleza. A inauguração aconteceu na noite ontem, último dia do mês de agosto do ano de 2023. Para incrementar, foi acrescentado ao nome, um palavreado americano, que também tá em alta: Comedy. Então, ficou assim: AÍ DENTU Comedy.

À frente do espaço, que fica anexo ao Carneiro Prime Bar & Restô, está o humorista Jardeson Cavalcante (Titela) e o empresário artístico Marcelino Montezuma. O endereço fica num dos lugares mais concorridos da cidade, na Av. Godofredo Maciel, 1155 na Maraponga.

Climatizado, com capacidade para 180 pessoas, em formato de serviço de bar e restaurante, o espaço estava lotado no seu primeiro dia de funcionamento; chegando inclusive a demandar cadeiras extras. O público superou 200 pessoas.

Os queridinhos do Faustão com os comediantes Délio Macnamara, Mateus Cidrão e Titela foi o título do show de estreia, e tem a ver com a participação dos 3 artistas como finalistas do programa Faustão na BAND, no quadro Mochila do Riso no ano de 2022. Macnamara foi o campeão.

Marcelino Montezuma, diz que a intenção da casa, é realizar shows 2 ou 3 vezes por semana; inclusive, “haverá um dia para teste de piadas”, modalidade onde comediantes sobem ao palco para experimentar textos inéditos.

Que o novo espaço seja perene!

Parabéns aos gestores!

Viva o bom humor cearense!

Continuar leitura →

Comemoração do mês do humorista começa com uma mulher vencendo o Festival de Mentiras

Monique Gonçalves, vencedora do 34° Festival de Mentiras

Chegou mais um mês de abril, e como no dia 12 será comemorado o Dia Nacional do Humorista, abril, tornou-se o Mês do Humorista. E pra começar, ontem, dia 1º, o Teatro Chico Anysio serviu de palco para a realização de mais um Festival de Mentiras, em homenagem ao famoso Cajueiro Botador (Cajueiro da Mentira). O evento, que costumeiramente acontece na Praça do Ferreira, local onde está fincado o dito pé de caju, desta feita foi realizado no TCA, devido ter caído num sábado. E lá, não rola fazer o evento quando calha acontecer em sábado e domingo, devido ao pouco fluxo de transeuntes nos fins de semanas.

Pela primeira vez na história do Festival de Mentiras, em 34 edições, uma mulher é escolhida como campeã. A proeza foi da atriz, produtora e maquiadora Monique Gonçalves, que após contar seu causo/mentira foi aclamada pelo público como sendo a que melhor se saiu.  O humorista Michel Padilha (Zé das Tapiocas), que já foi campeão várias vezes, desta vez ficou em 2º lugar. E Dermeval Pedrosa, ficou em 3°.

Os 3 campeões

Foram 10, os mentirosos inscritos:  

1 – João Mateus (Zé Bolão)

2 – Tom Leite

3 – Augusto Lima Mendes

4 – Don Aguedo (Pabeção)

5 – Rafael Leite

6 – Zé das Tapiocas

7 – Adrian Gabriel Gomes Brás

8 – Dermeval Pedrosa (Dema)

9 – Monique Gonçalves

10 – Edvaldo dos Santos Cardoso (Elvis Preto)

O resultado final foi o seguinte:

1ª Colocada – Monique Gonçalves

2º Colocado – Michel Padilha (Zé das Tapiocas)

3º Colocado – Dermeval Pedrosa (DEMA)

O prêmio foi pago “na hora”, em moeda corrente do Brasil. Total, líquido e sem desconto: R$ 1,75 assim distribuído:

                1º Colocado R$ 1,00

                2º Colocado R$ 0,50

                3º Colocado R$ 0,25

Além do montante em dinheiro, todos receberam  CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO, sendo que nos dos 3 primeiros agraciados, a colocação foi mencionada.

            O humorista Zebrinha, organizador e apresentador do festival, convidou o Dr. Marcelo Gurgel para entregar a premiação. Marcelo é médico e escritor. Escreveu mais de 100 livros (isso é verdade). Cada um dos 3 primeiros colocados, recebeu um exemplar de um dos seus escritos, um livro de causos da medicina.

            A programação do mês do humorista tem apoio da Prefeitura de Fortaleza, através da SECULTFOR.  

História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no cajueiro, com todo tipo de mentiras e chacotas,  provocando a sociedade e os homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, em 1991, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou a ser realizado na Praça do Ferreira. Em 2020, não aconteceu o evento, devido a pandemia da COVID-19. Em 2021, ainda por conta da COVID, o Festival de Mentiras aconteceu de modo virtual, onde cada mentiroso enviou um vídeo contando sua potoca. Em 2022, o Festival voltou ao seu lugar de origem, e foi realizado debaixo do Cajueiro Botador. Agora, em 2023, abrindo a programação do Mês do Humorista, o XXXIV Festival de Mentiras foi realizado no Museu do Humor Cearense/Teatro Chico Anysio, abrindo a programação do mês do Humorista.

            Por que Abril é o Mês do Humorista?

            Porque dia 12 de Abril comemoramos o Dia Nacional do Humorista, aniversário de nascimento de Chico Anysio. Para isso, existem as seguintes Leis:

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003 (Ceará)

Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009 (Fortaleza)

Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015 (Brasil)

Uma vasta programação vai está acontecendo durante todo o mês de abril na cidade. Acompanhe nas redes sociais do Teatro Chico Anysio e Museu do Humor Cearense. Participe! E viva o Bom Humor Cearense!

Registro fotográfico do 34° Festival de Mentiras

Tom Leite – Humorista
Rafael Leite – Humorista
João Mateus – Humorista
Edvaldo Santos – Humorista
Don Aguedo – Humorista
Adrian Gabriel – Estudante
Augusto Lima Mendes
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 339058850_748350510085771_2531769975112670376_n-1024x771.jpg

Continuar leitura →